Psicoterapia Cognitivo Comportamental

ma

 

TERAPIA COGNITIVO COMPORTAMENTAL

“O que perturba o ser humano não são os fatos, mas a interpretação que ele faz destes.”(Epitecto, século 1 d. C.)

A terapia cognitiva proposta por Aaraon Beck é uma abordagem estruturada, diretiva e colaborativa, com um forte componente educacional, orientada para o aqui e agora, de prazo limitado, indicada atualmente por sua eficácia cientificamente comprovada para o tratamento de uma série de transtornos mentais, como depressão ansiedade, transtornos de personalidade, esquizofrenia, entre outros.

Adiciona ainda que a terapia Cognitivo Comportamental é um método psicoterapêutico fundamentado no modelo cognitivo, segundo o qual a emoção e o comportamento são influenciados pela forma como o indivíduo interpreta os acontecimentos.

Como em qualquer abordagem psicoterápica, uma relação terapêutica sólida e empática e uma avaliação diagnóstica cuidadosa são elementos fundamentais para o sucesso no tratamento.

Descrição da estrutura tipica de uma sessão:

  • A cada sessão faz-se inicialmente uma verificação do humor do paciente em relação a semana. Pode incluir uso de instrumento padronizado como escalas e testes psicológicos.
  • Na terapia cognitivo comportamental, a agenda das dificuldades e problemas é estabelecida no início de cada sessão, em comum acordo entre paciente e terapeuta.
  • Também é estabelecida a hierarquia nos assuntos propostos para serem discutidos na sessão que está para ocorrer.
  • Discutir as dificuldades e problemas relatados e agendados, estabelecer um tarefa para a semana relacionada ao trabalho na sessão, revisar o humor do paciente ao final; e solicitar que ele faça um resumo do que considera estar levando de útil para si da sessão.
  • Por fim, ao término da sessão, o psicólogo solicita ao paciente um feedback de como ele se sentiu durante a sessão, se algum dos assuntos trabalhados lhe foi desconfortável ou se algo que tinha interesse de conversar não foi trabalhado.